quinta-feira, 5 de março de 2009

Vento


Tem coisas que agente faz por impulso, outras por emoção, outras por razão.

Meus impulsos foram controlados, minha emoção transborda a cada instante mas eu imploro por uma barreira entre as lágrimas e meu objetivo de ser forte já a razão eu não pretendo perder de vista.

Hoje tornei pública minhas vontades, desejos e atos dos quais fazem a minha vida girar em torno de outra vida.

Tô confusa, brava, chateada, mas sei que tô certa, que tô brigando por algo justo, honesto, sincero e principalmente bom para minha filha.

Dias melhores virão e sei bem que, lidar com dias tempestuosos são premeditação de tempos ensolarados.

A meu favor o vento, que tudo trás e tudo leva, em contra partida, a ambição o ciume e a inveja que adiaram um acordo amigável.

Hoje não vou escrever "na boa", porque só o que sinto agora é que a verdade conta e aparece sempre. E graças a ela, tenho hoje a razão soprando a meu favor.


Um comentário:

Bia mamãe da Nanda disse...

Além do vento tu tem o que mais importa na vida de uma mulher. Coração. Bondade. Inteligência. Amor.
Torço por tí, sei o que passa em nossas cabeças quando um filho é a questão do momento.
Parabéns pela atitude e tranparência.